domingo, 24 de agosto de 2008

Onde eu vim Pará - pt. 3

Perdõem a falta de atualizações mas, como vocês podem ver pelo título desde editorial, eu escrevo esses textos em meus momentos de tédio, e estes andam cada vez mais raros. Tou que nem siri na lata, aqui. Essa desculpa é igualmente válida para me desculpar por não comparecer aos seus blogs, nem ler os textos que me foram enviados. Sinto muito, muito mesmo. Creio que logo voltarei a alguma normalidade.

Eu ia fazer um texto falando coisas boas que andam acontecendo por aqui, mas vocês merecem um texto engraçado, do tipo que eu escrevo melhor quando tou de péssimo humor (como hoje) e saio quebrando a banca xD
Podemos começar com meu assunto favorito: música paraense.

Então, eu soube que aquela maldita música do "Chupa que é de uva" se espalhou pelo Brasil. Believe me, folks... eu já odiava essa música antes de vocês saberem que ela existe. Mas essa música, aqui no Pará, é até legal, em comparação com algumas pérolas da arte. Recentemente ouvi um forró que foi uma maravilha. Tava passando pela rua, e de repente ouço um maldito carro de som tocando:

"Um mais um
Na matemática do amor, o resultado também não é três
Talvez
Multiplicando nosso amor você me compreenda"

WTF? Que porra de letra de música é essa? Mas... podia ser pior! Vocês acham que a banda Calypso é ruim? Pelo menos o Chimbinha escreve as próprias músicas! Isso no Pará é raridade.
A seguir, a lista de algumas músicas que eu já vi terem sido "traduzidas" para o brega:

Cher - Life after love
NX Zero - Razões e Emoções
Phil Collins - Invisible Touch
Rihanna - Umbrella (três versões diferentes)
James Blunt - Same Mistake (pelo menos umas 5 versões, incluindo uma do "Walbinho dos teclados")
Bonnie Tyler - Total Eclipse of the Heart
E muitas outras...

Pra completar, a música paraense agora achou um modo de fazer meus ouvidos derramarem ainda mais sangue arterial: agora eu ouço constantemente fucking jingles de campanha política compostos de paródias de brega, melody* e forró. Mas eu tratarei desse assunto num post exclusivamente dedicado à eleições paraenses. Aguardem.

*Acabei de perceber que nunca falei de melody aqui. Bom, não tem muito a se dizer. É tipo um brega mais dançante =P

###

Se eu pudesse selecionar a coisa que eu mais odeio em Castanhal, seria o Restaurante Nagasaka. De quinta à domingo, à noite, rola o "Forró do Japa"; é só seguir o bat-sinal para se deparar com um show execrável. O que realmente me choca são as propagandas extremamente hiperbólicas dos shows. E olha que eu sou um cara muito exagerado! Exemplos:

Forrozão Tropycália: O show mais esperado do ano!
Isso porque o Scorpions vai tocar em Belém, em setembro.

Desejo de Menina: Esse cara tem um gogó de ouro!
Cara... não, tipo, não! Não, ele não tem!

Caviar com rapadura: Um super-mega show para Castanhal!
Destaque para o nome do grupo.

Léo Magalhães: O maior talento da atualidade!
Esse é meu favorito. O cara não é só bom... ele é o MAIOR-FUCKING-TALENTO da atualidade!

Como é só 10 reais pra entrar, o lugar sempre lota, com umas 1000 pessoas num lugar onde mal cabem 300.
Agora que trabalho no Yázigi meu ódio pelo Nagasaka cresceu 600%. Sabem por quê? Porque fica do outro lado da rua! Daí quinta, sexta e sábado eu tenho que me sujeitar àquele MALDITO carro de som tocando forró e anunciando o show a tarde inteira!

###

Agora, vou contar alguns "causos", só pra desbaratinar.

Daí saio eu para comprar farinha no mercadinho perto de casa.

Loner: Aí chefe, cê tem farinha?
Caixa: Ah, tenho, ali.

Olho e só vejo farinha de mandioca. Paraense fica sem água potável, mas não fica sem farinha de mandioca, é impressionante.

Loner: Não chefe, farinha de trigo, cê não tem?
Caixa: Ah não, não tenho. Faz um tempão que não tem.

Esforço-me em disfarçar meu desprezo por um mercado que não vende farinha de trigo

Loner: Ah beleza, então vou lá na padaria ver se o cara me vende um quilo...
Caixa: Ah, não vai vender não...

Tirando 20 num teste de força de vontade pra não mandar o caixa à merda, fui à padaria.

Loner: Daê chefe, será que você pode me vender um quilo de farinha?
Padeiro: Ah, eu não tenho farinha.

Recusando-me a aceitar que uma padaria não tenha farinha, tentei novamente.

Loner: Não tem farinha de trigo, cara?
Padeiro: Ah, tenho sim!

Respirando fundo, esperei ele separar um quilo de farinha. Num saco de supermercado, ele colocou quase três quilos e me entregou. Eu decidi que era melhor não dizer nada e ir embora.

###

Certo domingo, durante o Faustão, pops estava a expressar seu descontentamento pela novela das oito...

Pops: Puta, graças à Deus hoje é domingo, não tem Zé Bob pra me aborrecer...
Faustão: Hoje vamos receber o ator Carmo Dalla Vecchia!
Pops: ¬¬"

###

Outro dia entra uma mulher completamente pinel no laboratório. Ela chega, com aquele olhar que só o vácuo encefálico é capaz de proporcionar, e diz à minha mãe que procura um médico. Resistindo à tentação de dizer que não temos psiquiatra, continuo calado em minhas anotações.

Mom: É serviço de pediatra ou alergista?
Bate-pino: É... alergista, é? É.
Mom: Ah... tá... certo, como é seu nome?
Bate-pino: É tal (esqueci, gente)
Mom: E seu telefone?
Bate-pino: *murmura algo ininteligível*
Mom: Perdão?
Bate-pino: *mumble, mumble*
Mom: Pode falar mais alto?
Bate-pino: Trezentosetrês...
Mom: Perdão?
Bate-pino: Trezentos e três...
Mom: 303? E o que mais?
Bate-pino: Trezentos e três...
*pops esconde o rosto atrás da revista*
Mom: Você tá sozinha?
Bate-pino: Não, eu estou comigo.
*Saio, não podendo mais conter o riso*

###

Por enquanto tá bom. Semana que vem tem mais. Agradeço a visita de todos =)

15 comentários:

Anônimo disse...

Eu sei que aqui não é o paraíso, mas com certeza tem algo bom né! Explore um pouco mais o que a cidade tem a oferecer, que assim os tecnobregas passarão despercebidos ;)

Seja bem vindo!

Ps. Vc dança muito hein!

Anônimo disse...

cara um nativo comentando no seu blog

aiuhaihaiuhai

o post de hj me matou de rir cara

abraçao

Rafael disse...

nativo aisjaisjaijs

morri com o "estou comigo" iajsiajsijaisjaisjaijsi

*aguardando o post das eleições*

Dani.chan disse...

UIHASDUIHSAUDIASD

Nossa, ri absurdos com 'estou comigo', só faltou o 'mesma' na frase.
excelente IUHASIUHSA xD

E esse cara ae comentando, poo esse ae nao te conhece, para dizer que vc dança bem xDD
[a menos q ele esteja sendo sarcastico o_o]

Seus posts sao fantasticos~!
Nao tem um que eu nao chore de rir *-*

:***

Lorraine disse...

"Bate-pino: Trezentos e três...
Mom: 303? E o que mais?
Bate-pino: Trezentos e três...
*pops esconde o rosto atrás da revista*
Mom: Você tá sozinha?
Bate-pino: Não, eu estou comigo.
*Saio, não podendo mais conter o riso*"

meu deus, wtf? sahuiohasuoiheouhasuoheoiusahiehiosauhsa

eu não teria segurado o riso por tanto tempo não! sahiuoheuoiahsoiuaehuois meu deus


vou ligar pra ela, 303 né?
ashaoiuheiuhsauihsaiuehiusahiusahs

Setz disse...

Ó

ÊME






AHUEHEUAHAEUHEAUHAEUAEHUHEAUEAHUAE

Setz disse...

http://objection.mrdictionary.net/go.php?n=2736206

Renato disse...

NOssa!
Parece q o pipca-pau maluco veio pro seu laboratorio!

Aya Akamine disse...

Quando eu fui pra Fortaleza, vi várias versões da música da BoA em 'brega' lol

Leekr disse...

aehaehaoeoheahoea
mas vc nao presta mesmo hein??
xD
mas pelo menos sua estada ae tem sido "divertida".

Vc vai gostar do meu novo blog mano
*-*
vai tratar de assuntos interessantes para sua proxima vinda a SP

Lane disse...

De onde você é? Desculpa, eu nunca tinha vindo no seu blog antes.
Eu sou da cidade, e acredite em mim, não gosto dela, nem de tecnobrega, nem de forró, nem de melody, nem das campanhas políticas rídiculas, nem dos políticos, nem dos professores, dos vendedores, etc. É uma lista longa demais.
Isso aqui não é o paraíso, e nem adianta explorar: quanto mais explorar, mais coisa ruim vai ver. A esperança dessa cidade são algumas pessoas -ALGUMAS pessoas.
E nem adianta, tecnobrega não passa despercebido de jeito nenhum. A não ser que você seja surdo.

Força. Cidade do interior é para pessoas fortes.

Take care.

Vanessa Kairalla disse...

HAHAHAHAHA ótimo hein!? hahahaha
Não tem farinha de trigo, mas tem "Zé Bob"...
hahahaha e vc jamais estará sozinho se vc pensar que.. "Não, estou comigo"
hahaha
que "mara" hein?!
hahaha

Kennedy disse...

HAHAHAHAHAHAHA

caralho, tou rindo demais aqui xDDD

Setz disse...

yo man!

preciso que vc veja umas coisas pra mim aí em castanhal

1-) casa pra alugar

2-) certeza que tão precisando de veterinário com toda essa urgência aí

cumpridas essas 2 condições, estou fazendo as malas pra ir

=)

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado